segunda-feira, 16 de março de 2020

Relatório físico de fevereiro de 2020

Proteção Social Básica 

Na Proteção Social Básica, o acompanhamento das famílias pelas equipes dos CRAS é fundamental, especialmente para as 1.964 beneficiárias do Bolsa Família, as 2.990 beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada e as 87 em situação de descumprimento de condicionalidades.






Em relação ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, o município pactuou com o governo federal o atendimento a 550 usuários não prioritários e 250 prioritários.



Proteção Social Especial
Na Proteção Social Especial, foi pactuado com o governo federal o atendimento a 1.000 famílias e indivíduos em situação de risco, por violação de direitos, 75 famílias e indivíduos que utilizam espaços públicos como forma de moradia e/ou sobrevivência (Abordagem), 35 adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e 50 famílias e indivíduos em situação de rua. Foi pactuado também com o governo federal, o limite máximo de 15 famílias acolhedoras, através do Serviço no município.


No serviço de ata complexidade, desenvolvido pelas instituições de acolhimento institucional não governamentais, a Secretaria de Desenvolvimento Social, realizou uma parceria onde transfere mensalmente recursos de cofinanciamento federal, para ajudar as instituições nos serviços dispensados aos acolhidos.



Gestão Cadastramento Único/Programa Bolsa Família
Na gestão do CadÚnico e Programa Bolsa Família, todos os indicadores devem chegar a 1 para melhor avaliação.



Registro e perfil dos usuários
No próximo gráfico, são registrados os usuários nos equipamentos sociais considerados a porta de entrada do município. Segundo dados do IBGE, o município tem perfil para atender 4.453 famílias no Bolsa Famílias e 8.389 pessoas com critérios para o Cadúnico. Já nos CRAS, foi pactuado com o governo federal referenciar 20.000 famílias.


Diagnóstico de vulnerabilidades sociais
A utilização do Diagnóstico, no planejamento de ações da Política de Assistência Social, possibilita direcionar o fazer profissional e a ampliação do olhar, além de maior aproximação com situações vivenciadas nos territórios. Assim, é possível alinhar as ofertas dos serviços, programas, projetos e benefícios com as demandas das famílias e indivíduos.




Geração de Trabalho, Emprego e Renda
O principal objetivo da Gerência de Trabalho, Emprego e Geração de Renda é retirar o trabalhador da margem de risco do desemprego e de suas necessidades relacionadas a vida social dando condições e qualificando-o através de cursos profissionalizante, trabalho digno, orientando e promovendo ações a favor do bem estar do requerente que comparece a unidade, com salários compatíveis e sua valorização sendo a porta de saída para todos que buscam sua autonomia sócio-econômica.



Nenhum comentário:

Postar um comentário